sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Jingle Bell Rock


Chegou o Natal, o ano passou voando... E, claro que a postagem não poderia ter outro tema...

A música acredito eu, que desta vez todos conheçam.

Jingle Bell Rock foi escrita por Joe Beal e Jim Boothe e interpretada primeiramente por Bobby Helms em 1957, porém, diversos foram os artistas e bandas que fizeram novas versões para a canção.

No cinema a música se fez presente em muitos filmes como Máquina Mortífera (1987) (Lethal Weapon), Cookie (1989), Esqueceram de Mim 2 (1992) (Home Alone 2) e Meninas Malvadas (2004) (Mean Girls).

Presente de Natal - Concurso



 
E para todos meus queridos seguidores tenho dois presentes... São dois CDs meus que irei dar para as duas primeiras pessoas que enviarem o nome de outro filme, além dos já citados, onde a canção Jingle Bell Rock aparece. Não vale seriado, novela ou especial de TV.
Então, o seguidor que comentar dizendo nome do filme e após eu conferir e realmente tiver a música leva o CD!

Desejo a todos vocês um Feliz Natal!

Beijos e Abraços a todos,

Suze Weck


Feliz Natal





Clique para ouvir: Suzane Weck - Jingle Bell Rock

sábado, 17 de dezembro de 2011

Mona Lisa



Faça uma lista das melhoras músicas românticas da década de 50... Impossível deixar de fora essa... Mona Lisa, canção escrita por Ray Evans e Jay Livingston para o filme norte americano Captain Carey (Aqui no Brasil lançado com o título Missão de Vingança) de 1950.
O filme tem no elenco nomes como Alan Ladd, Wanda Hendrix, Francis Lederer e Joseph Calleia e tem em seu currículo um Oscar por melhor canção.


Talvez esse seja um exemplo da importância de uma boa trilha sonora num filme... O sucesso da canção está anos luzes na frente do sucesso do filme que, acredito eu, poucos conheciam...

Em 1986 foi lançado um filme do diretor Neil Jordan com o nome Mona Lisa que também trazia a canção em sua Soundtrack. Neste filme, nomes como Bob Hoskins, Cathy Tyson e Michael Caine.

A música, eternizada na voz do elegante e carismático Nat King Cole ganha aqui no Blog uma homenagem com minha versão.

Beijos e abraços a todos

Suze Weck



 


Clique para ouvir: Suzane Weck - Mona Lisa

PS: Maiores curiosidades sobre a música ou filmes serão super bem vindos nos comentários para criarmos um fórum e adquirirmos mais conhecimento.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Por Una Cabeza

 
 
A postagem de hoje é uma homenagem aos queridos, e bastante presentes, visitantes e seguidores de língua espanhola.
O filme Norte Americano Perfume de Mulher (Scent of a Woman), dirigido por Martin Brest em 1992, tem em sua trilha sonora uma música que nos traz a antiguidade de todo contexto. Trata-se do famoso tango "Por Una Cabeza" composto em 1935 por Carlos Gardel e Alfredo Le Pera.  A letra da musica se refere a um apostador compulsivo em corridas de cavalos que compara seu vício por cavalos com sua atração por lindas mulheres.




Perfume de Mulher é baseado no roteiro do filme italiano Profumo di Donna dirigido por Dino Risi em 1974 e estrelado por Vitorio Gassman. O filme italiano teve indicações ao Oscar por melhor filme estrangeiro e melhor roteiro adaptado. Na versão americana, Al Pacino ganhou um Oscar e um Globo de Ouro de melhor ator.





No filme de 1992, Al Pacino interpreta um reformado coronel cego completamente desiludido de sua vida e planejando seu suicídio, que resolve passar um final de semana em New York como despedida e, para isso, faz-se acompanhar de um jovem estudante (Chris O'Donnell). Durante a viagem vai aos poucos envolvendo-se com os problemas enfrentados pelo rapaz e acaba esquecendo sua amarga infelicidade. Quem viu o filme jamais irá esquecer a cena em que ele dança com uma belíssima moça em um restaurante o divino tango Por Una Cabeza.
A cena da dança passou para mim um profundo conhecimento da situação, além de uma tristeza contida atravéz de seus olhos cegos e uma explosão de alegria de sua alma. 

Abaixo para todos vocês disponibilizo minha versão para a música.

Beijos e abraços a todos,

Suze  Weck




 
Clique para ouvir: Suzane Weck - Por Una Cabeza

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Lili Marleen


Esta canção teve o rascunho de seus versos escritos num pedaço de papel por um soldado alemão (Hans Leip) em 1915, pouco antes de partir de Berlim para o front. Fala sobre a separação, despedida e incerteza de, um dia talvez, um soldado ter novamente sua amada em seus braços. A música foi composta muitos anos depois (1938) por Norbert Schulze. 

Estátua para Lili Marleen na cidade de Munster na Alemanha


Lili Marlene (Lili Marleen) foi imortalizada em filme e canção por Marlene Dietrich com sua voz rouca e sensual, além de uma interpretação magnífica, tornando-se o hino oficial dos soldados de ambos os lados da guerra. O filme de 1951 é baseado na autobiografia da cantora Lale Anderson e aborda o relacionamento entre uma cantora alemã de cabaré e um pianista judeu boêmio. Foi dirigido por Arthur Crabtree e tinha no elenco nomes como  Hugh McDermott, Lisa Daniely, John Blythe e Stanley Baker.  Trinta anós após, em 1981 foi lançado um Remake do filme.
A música foi traduzida em mais de 40 idiomas. A canção voltou a fazer sucesso nos anos 50 na Coréia, nos 60 na Argélia e Vietnã e recentemente em Kosovo.


Curiosidade: O autor da letra (Hans Leip) durante a guerra desligava o rádio sempre que tocava a música pois não queria ouvir.
Em versão atualizada (restaurada e remasteurizada) esta canção foi cantada por Hanna Schygulla.
Depois de tudo isso, resta dizer que também enfrentei uma guerrinha ao cantar a minha versão da música. Não esperem perfeição, pois não foi nada fácil para mim, pois mesmo tendo origem alemã, não estou nada familiarizada com a dicção e pronúncia da mesma. Aguardo as críticas dos visitantes fluentes na língua, pois essa postagem é uma homenagem a todos vocês.

Grande abraço,

Suze  

"Suze Marleen"

Clique para ouvir: Suzane Weck - Lili Marleen

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Un Homme Et Une Femme


Meu programador desde o início me ensinou a verificar as estatísticas de acesso do meu Blog. Assim, adoro olhar quantos me visitam, de onde são, o que digitaram para chegar ao Blog, etc.  Essas informações me ajudam a montar cada próxima postagem.
Verifiquei através do meu "mini globo" que pessoas dos mais variados países e dos mais variados idiomas me visitam e escrevem para mim. Então, como forma de agradecimento, irei começar uma série de postagens com filmes e trilhas sonoras nos idiomas que ainda não o fiz. Já  havia cantado em inglês e italiano e tentarei nas próximas postagens, atingir o maior número possível de idiomas.  Aguardo pela crítica de vocês rssss (LOL)...




Un Homme et une Femme (no Brasil lançado com o título "Um Homem uma Mulher") é um romance francês de 1966 dirigido por Claude Lelouch. Possui no elenco nomes como Anouk Aimée, Jean-Louis Trintignant, Pierre Barouh e Valérie Lagrange.
O filme aborda o romance entre um piloto de corrida de automóveis e uma roteirista de cinema e possui na trilha sonora uma versão francesa (Samba Saravah) da música Samba da Benção de Baden Powell e Vinicius de Moraes que também vale a pena ser conferida.
Porém aqui, para todos vocês, eu disponibilizo minha versão para a música de mesmo nome do filme.

Beijos e Abraços a todos,

Suze

"Suze Aimée" & Jean-Louis Trintignant




Clique para ouvir: Suzane Weck - Un Homme Et Une Femme

domingo, 20 de novembro de 2011

Love Is a Many-Splendored Thing


Love Is a Many-Splendored Thing é uma música que não poderia deixar de estar no meu Blog. Considerada por muitos como uma das melhores canções de trilhas sonoras de todos os tempos, foi composta por Sammy Fain e possui letra de Paul Francis Webster.
Fez parte da trilha sonora de um filme norte americano  de 1955 que leva o mesmo nome da canção em sua versão original, e aqui no Brasil foi lançado com o título "Suplício de uma Saudade".
Dirigido por Henry King, tem como casal protagonista os atores William Holden e Jennifer Jones. A história conta o complicado relacionamento de uma médica viúva com um correspondente de guerra americano casado que é enviado a Hong Kong durante o período da revolução comunista chinesa.

O filme ganhou Oscar por melhor figurino, melhor canção original e melhor trilha sonora. Com essas três premiações vocês acham que eu poderia perder a chance de me "vestir" e cantar conforme essa preciosidade do cinema?
Abaixo minha versão!
Beijos e abraços a todos!!
Suze

"Suze Jones & William Holden"  


Clique para ouvir: Suzane Weck - Love Is a Many-Splendored Thing

domingo, 13 de novembro de 2011

When You Wish Upon A Star



Escrita por Leigh Harline e Ned Washington essa linda canção faz parte da trilha sonora do filme de animação Pinóquio (EUA, 1940). A história, acredito eu que todos já conheçam, trata de um velho carpinteiro chamado Gepetto que esculpe um boneco e lhe dá o nome de Pinóquio que ganha vida graças a uma simpática fadinha azul.



Adaptado da obra do escritor italiano Carlo Collodi, é mais uma obra prima dos estúdios de Walt Disney que não pode deixar de ser visto e revisto.
A música ganhou um oscar de melhor canção original e foi classificada como uma das 100 melhores canções de filmes de todos os tempos pela American Film Institute.
Logo abaixo, minha versão para todos vocês...

Beijos e abraços,

Suze

Suzenocchio


Clique para ouvir: Suzane Weck - When You Wish Upon A Star

domingo, 6 de novembro de 2011

I Could Have Danced All Night



Canção escrita por Frederick Loewe e Alan Jay Lerner, I Could Have Danced All Night tornou-se mundialmente famosa no musical My Fair Lady de 1964.

Esse musical americano estrelado pela diva Audrey Hepburn também possui no elenco nomes como Rex Harrison e Stanley Holloway. A história gira em torno de uma humilde vendedora de flores, com forte sotaque, que vira alvo de um professor de fonética que pretende transformá-la numa verdadeira dama.



Um verdadeiro clássico, um musical maravilhoso que figura em qualquer top 10 de filmes do gênero.
Ofereço a todos vocês minha interpretação para essa alegre e divertida canção para embalar essa semana que está por vir.

Abraços e beijos a todos!

Suzane Weck



The Man I Love



Clique para ouvir: Suzane Weck - I Could Have Danced All Night

domingo, 30 de outubro de 2011

Hello, Dolly!



Primeiramente gostaria de agradecer a todos comentários que foram deixadas no post anterior, foram realmente reconfortantes.
Agora, vamos seguir e tocar a vida adiante... A postagem de hoje é sobre esse excelente musical do ano de 1969, tendo como protagonista a maravilhosa Barbra Streisand e com direção do mestre Gene Kelly.
O enredo trata de uma viúva casamenteira na Nova York de 1890 que viaja para fazer com que um rico comerciante se interesse por sua chapeleira. Ao encontrá-lo ele lhe pede que ela consiga afastar sua sobrinha de um artista, apesar dos dois estarem apaixonados. A viúva decide manter os dois juntos e como sua chapeleira não se interessou pelo bom partido ela decide conquistá-lo para si mesma.
O filme ganhou 3 Oscars nas categorias Melhor Som, Melhor Direção Artística e Melhor Banda Sonora em Musicais. Assim, nada mais justo que incluir essa canção de mesmo nome do filme em minha coleção de postagens.
Abaixo, para todos meus queridos amigos está minha versão para ela.

Beijos e abraços a todos!

Suze

"Suze Streisand"






Clique para ouvir: Suzane Weck - Hello, Dolly!

PS: Enviei a música do post anterior para um concurso musical, o link para ela está aqui, assim qualquer um poderá fazer seu download.

domingo, 23 de outubro de 2011

Momentos

Camila

Esta semana minha querida gatinha Camila  de 23 anos nos deixou devagarzinho; dando seu último olhar e suspiro em meu colo.
Que tristeza imensa, que dor no coração, quantas lágrimas derramadas...
Para nós, uma perda irreparável, pois fazia parte integral de nossos dias.
Canto agora com o pensamento todo voltado para ela pois, como já foi  postado anteriormente, ela deu início à esta canção
Espero que ela esteja num campo cheio de flores ao dia e repleto de estrelas à noite,,,
Foi uma gatinha muito amada e deixa muitas... Muiiiiiitas saudades!!!

Obrigada por tudo Camila! (R.I.P.)




Clique para ouvir: Suzane Weck - Momentos

sábado, 15 de outubro de 2011

Cabaret



Um musical clássico lançado em 1972...
Esse filme americano tinha no elenco Michael York, Helmut Griem, Marisa Berenson e a grande Liza Minnelli como protagonista.
Mais uma vez a escolha se deu pela perfeita sintonia entre musica/filme, não apenas por terem o mesmo nome, mas, pelo sucesso de ambos, mesclados até hoje na lembrança de todos apreciadores de música e cinema.

The Man I Love
"Suze Minnelli"

Berlim 1931, uma cantora americana chamada Sally Bowles (Liza) se apresenta num Cabaré chamado "Kit Kat Klub". Ela acaba se apaixonando por Brian Roberts (Michael York), um escritor recém chegado na cidade, mas acaba suspeitando que ele seja gay. Ambos acabam se envolvendo com Maximillian von Heune (Helmut Griem), um rico e nobre alemão, fechando um triângulo amoroso. Quando Sally fica grávida tudo começa a ficar diferente criando um enredo bastante interessante.
Fica a dica para aqueles que ainda não viram...
E para todos, logo abaixo está minha versão para a canção.

Beijos e abraços,

Suzane Weck

Suze & Liza


Clique para ouvir: Suzane Weck - Cabaret

domingo, 2 de outubro de 2011

The Man I Love


Lançado em 1947 o filme The Man I Love foi dirigido por Raoul Walsh e tinha no elenco a belíssima e talentosa Ida Lupino juntamente com Robert Alda, Andrea King e Bruce Bennett.

A canção, de mesmo nome, é criação da Dupla George/Ira Gershwin e já foi interpretada por grandes nomes como Billie Holiday, Sarah Vaughan, Lena Horne e Ella Fitzgerald.




No filme, a atriz e cantora Peg La Centra é quem dubla Ida Lupino, quando sua personagem (Petey Brown) canta a música The Man I Love.

Abaixo está minha versão para que todos vocês possam ouvir.

Beijos e abraços a todos,

Suzane Weck

The Man I Love
"Suze Lupino"
 

Clique para ouvir: Suzane Weck - The Man I Love

PS: Breve estarei fazendo um sorteio aqui no Blog para presentear um ou mais seguidores com meu mais novo CD.

domingo, 25 de setembro de 2011

Laura


Foi um filme do gênero policial com um roteiro surpreendente para a época (1944). O filme, de grande suspense, teve como atores principais Gene Tierney e Dana Andrews e como coadjuvante Clifton Webb, que por sua ótima atuação foi indicado ao Oscar daquele ano.





No enredo, Gene protagoniza uma diretora de agência de propaganda que é assassinada com tiros de espingarda destruindo seu rosto. Dana é o policial que investiga o crime e acaba se apaixonando pela mulher morta.



Na casa de "Laura", procurando por provas, vê na parede um quadro belíssimo da moça e, inesperadamente, ela surge na sua frente viva e com o rosto sem nenhum ferimento.
Para a época esta cena arrepiou os cabelos de muita gente.
Música e filme se integram como peça única e não poderiam estar de fora do meu Blog.
Para todos vocês, apresento aqui, a minha "Laura".




Clique para ouvir: Suzane Weck - Laura

domingo, 11 de setembro de 2011

Night and Day


Linda música do grande mestre Cole Porter, foi escrita em 1932 para o musical chamado "A Alegre Divorciada" (The Gay Divorcee) de 1934. No elenco do musical estava nada mais nada menos que o casal Fred Astaire e Ginger Rogers.


Em 1946 um filme contando a história de Cole Porter recebeu o nome da canção Night and Day (A Canção Inesquecível), e tinha no elenco Cary Grant como o músico e Alexis Smith como Linda Lee Thomas,  esposa de Porter.




Recentemente, em 2004, foi lançado um novo filme biográfico do músico, chamado De-Lovely, com Kevin Kline e Ashley Judd. A trilha sonora é maravilhosa e recomendo sua "Soundtrack".

Kevin Kline & Suze Judd

E aqui então, com todo meu carinho e sentimento, canto para vocês esta inesquecível música que toca fundo em meu coração. Aproveito para agradecer e dar um especial abraço em todos aqueles que com suas visitas e comentários me trazem a maior das felicidades.
Beijos e Abraços a todos!
Suzane Weck.




Clique para ouvir: Suzane Weck - Night and Day

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

What a Wonderful World


Escrita por Bob Thiele e George David Weiss, essa linda canção ficou mundialmente famosa na voz única do mestre Louis Armstrong em 1968. O cantor Havaiano Israel "IZ" Kamakawiwo`ole também fez uma versão para a música que merece ser citada, tamanha sua beleza.


A música fez parte da trilha sonora do filme Bom dia, Vietnã (Good Morning, Vietnam) tendo o ator Robin Williams como protagonista e contando ainda com Forest Whitaker no elenco.

Aqui coloco minha versão para todos vocês e em especial para a amiga Marly do Blog Saboreando a Vida, autora dessa dica de música/filme.

Abraços e beijos a todos!

Suzane Weck

Robin & Suze Williams
Clique para ouvir: Suzane Weck - What a Wonderful World